Especial Halloween: Misery - Louca Obsessão

08 outubro

Olá pessoal, tudo bem? Como Outubro é o mês do Halloween iremos trazer uma série de postagens indicando livros de terror e suspense. Para começar não poderíamos escolher outro autor que não fosse o Stephen King, ele é um dos autores mais notáveis do gênero. Seus livros já foram traduzidos em diversos idiomas e muitos adaptados para o cinema. A lista de contos e livros de ficção e não ficção é extensa, mas a primeira indicação será “Misery: Louca Obsessão”, abaixo segue a sinopse e algumas percepções sobre o mesmo:
Paul Sheldon descobriu três coisas quase simultaneamente, uns dez dias após emergir da nuvem escura. A primeira foi que Annie Wilkes tinha bastante analgésico. A segunda, que ela era viciada em analgésicos. A terceira foi que Annie Wilkes era perigosamente louca.Paul Sheldon é um famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizados por Misery Chastain. No dia em que termina de escrever um novo manuscrito, decide sair para comemorar, apesar da forte nevasca. Após derrapar e sofrer um grave acidente de carro, Paul é resgatado pela enfermeira aposentada Annie Wilkes, que surge em seu caminho. A simpática senhora é também uma leitora voraz que se autointitula a fã número um do autor. No entanto, o desfecho do último livro com a personagem Misery desperta na enfermeira seu lado mais sádico e psicótico. Profundamente abalada, Annie o isola em um quarto e inicia uma série de torturas e ameaças, que só chegará ao fim quando ele reescrever a narrativa com o final que ela considera apropriado. Ferido e debilitado, em “Misery - Louca Obsessão”, Paul Sheldon terá que usar toda a criatividade para salvar a própria vida e, talvez, escapar deste pesadelo.
Onde termina a paixão e começa a obsessão? Quão tênue é a linha que separa esses dois sentimentos tão discrepantes?  No livro Misery, o mestre do terror Stephen King brinca constantemente com estes limites e nos mostra, por meio da protagonista Annie Wilkes, quão próximos estamos da obsessão e da loucura.
A protagonista apresenta um quadro de instabilidade emocional tão grande que constantemente nos vemos com pena e com medo dela a cada página virada. Paralelamente, conhecemos uma outra história totalmente dramática escrita pelo protagonista Paul Sheldon, um famoso escritor que acidentalmente foi parar na casa da sua fã número 1. Mais interessante (e intrigante) é que a paixão/obsessão de Annie é tão grande pela obra prima de Paul (Misery) que ela chega ao absurdo de querer saber coisas exclusivas de sua personagem favorita, agindo como se a mesma existisse e nesse desenrolar da história descobrimos muito sobre a personalidade de Annie Wilkes, e ficamos cada vez mais apavorados (e muito excitados no caso dos possíveis psicos obsessivos).
Pessoalmente fiquei muito grudado ao livro pelos detalhes imaginativos como a questão da letra n, a narração de futebol que me fizeram ter uma conexão especial (uma imaginação tão vívida!) com a obra. E para  você que já viu o filme e não leu o livro, saiba que a Anne do filme parece uma fada perto da do livro.
Avaliação: 4,5/5 estrelas.


Você pode gostar

19 comentários

  1. Oii, tudo bem?
    Menina eu tenho tanta vontade de ler esse livro que você nem imagina, além do mais a sua resenha me deixou aqui babando e querendo saber como é o desfecho, dica super anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Olá! Tudo bem?
    Acho King genial, mas confesso que não tenho curiosidade em ler seus livros. Sei que muitos leitores amam suas obras e acompanham até os que viram filmes, mas eu não consigo ler. Dessa vez passo a dica! Parabéns pela resenha e pelo gosto literário, apesar de não curtir, respeito muito quem curte! Bj

    ResponderExcluir
  3. Não li este ainda, mas tem tempos que ele está na minha lista de leituras. Quem sabe aproveito o mês e leio. Vou gostar de saber sobre suas próximas dicas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Gosto dessa ideia de nos aproximar da loucura e da obsessão, certamente é um livro que preciso ler, li poucas coisas do autor, mas o pouco foi suficiente para amar.

    ResponderExcluir
  5. Olá, o King é o mestre do terror/ suspense. Se ele não te fizer gostar do gênero, ninguem mais consegue. Pena que nem ele conseguiu me fazer gostar :( Amei sua resenha, gostei de saber que é um livro que faz uma aproximação da temática da loucura e sobretudo amei seu especial para o halloween, quem gosta do gênero terá ótimas dicas. beijos

    ResponderExcluir
  6. Oie

    King é mestre mesmo!!
    Eu já li o livro e assisti o filme, realmente a Anne do filme é uma fada perto da do livro. Mas, confesso, que fiquei tensa tanto em um quanto em outro.
    Gostei de ver a resenha, uma ótima dica para quem ainda não leu.
    Parabéns pela resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. nossa, parecer uma fada no filme, então imagina no livro? hahahaha
    ainda não li esse título dele, mas está em minha wishlist... ótima pedida ter trazido essa resenha no blog... :)
    bjs...

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca li nenhum dos livros de terror do autor, mas tenho muita vontade de conhecer! Eu fiquei fascinada por essa premissa, imagina que louca a mulher ficar obcecada desse jeito, eu teria medo! hahaha Não assisti o filme, mas com certeza farei depois de ler a obra. Gostei da dica!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, li um ou dois livros do autor e apesar de não ser muito fã de terror eu adora a forma como os livros dele são desenvolvidos, apesar de ser sempre uma leitura lenta. Fiquei curiosa com esse livro e sinto que vou curtir a leitura, Anne parece ser uma personagem muito bem trabalhada e a questão dessa obsessão me chamou atenção. Anotado

    ResponderExcluir
  10. Gosto bastante dos livros do SK, que é um dos meus autores prediletos e Misery, possui uma história sinistra e bem interessante, desconfio que esse livro inspirou o game Alan Wake. Enfim, bom saber que a obra é boa e pelo visto, além de bem desenvolvida, é envolvente, com certeza vou gostar!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Ótima resenha.
    Eu nunca li o livro e nem assisti ao filme, apesar de ja ter ouvido falar do enredo do filme. Nunca tinha me interessado, até ler sua resenha hehe. Vou anotar a dica.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. OOi!
    Confesso que as obras do autor não me atraem, suspense e terror provavelmente são os gêneros que menos gosto, por isso acho que eu não gostaria.Ainda assim, fico feliz por você ter gostado. :)

    ResponderExcluir
  13. Oi Anna.

    Estou louca de vontade de ler este livro, por que adoro livros de terror e suspense. Infelizmente tenho poucos livros do S.King e vou tentar mudar isso em 2017. Um exemplar deste livro está na listinha para chegar aqui ainda mais após ler sua resenha, fiquei curiosa.

    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Anna!
    Apesar dos elogios, justamente pela temática de terror na maioria de seus trabalhos eu nem me interesso na leitura do Stephen King. Parecem ser histórias realmente muito bem articuladas e desenvolvidas e isso é mesmo muito bom de se ver, mas histórias com cunho de terror passam longe para mim, principalmente quando são um pouco psicóticas como nesse caso, digamos assim. Mas é uma abordagem interessante para quem gosta e valeu a dica mesmo assim.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Esse livro está na minha lista de desejados desde o lançamento. Quando li a sinopse fiquei com a cara no chão! Tipo: o que é esse livro, geeeeente!? E, até hoje, não vi ninguém que tenha dado uma nota negativa a ele. É uma história que, infelizmente, é tão real que acaba chocado por conta disso. E eu gosto demais da escrita envolvente do King, ele sempre me prende à trama e me surpreende a cada nova história.
    Fico aqui imaginando o que o Paul sofreu nas mãos dessa louca. Sem dúvida deve ser uma baita duma história boa (já ouço meus gritos - hahahaha).
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla, tudo bem?
      King realmente tem uma escrita bem envolvente, o Paul sofre bastante nas mãos da Annie e choca bastante, mas é uma leitura que realmente vale a pena ser feita.
      Obrigada pela visita, espero que tenha oportunidade lê-lo.
      Beijos

      Excluir
  16. Esse livro não é mais recente? Já tem filme? kkkk nossa eu me perco com esse King gente!
    Só li um livro dele até hoje mas tenho um pouco de conhecimento das suas obras e acho incrível que ele é o mestre do terror e nem precisa apelar pro sobrenatural pra isso, só mexer com o psicologico do personagem. Realmente incrível.
    Fiquei bem interessada no livro e espero poder ler um dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia, tudo bem?
      O SK realmente tem muuuitas obras, é fácil ficar perdida. Então, o filme se não me engano é de 1990. Espero que faça uma boa leitura!
      Beijos

      Excluir

Facebook

Instagram