The Angry Birds - O filme

12 agosto

Finalmente assisti a animação The Angry Birds baseada no jogo homônimo e pude me surpreender com o resultado. Assim como muitas pessoas joguei bastante na época em que estava no auge, logo tinha a curiosidade em conferir como ficou a animação. O enredo é simples e remete ao que de fato sugere o jogo, as temáticas abordadas são o bullying, o valor das amizades e acreditar em si mesmo. Os personagens são carismáticos e possuem as mesmas habilidades dos jogos.
Os passarinhos já conhecidos do jogo moram em uma ilha, onde todos são felizes e convivem bem, porém toda regra tem sua exceção e Red não é tão feliz quanto os outros habitantes da ilha. Seu mau humor o acompanha por onde passa, desde pequeno ele sofre bullying na escola por ter sobrancelhas grossas e os outros passarinhos estão sempre o condenando por suas atitudes. O toque de humor ocorre justamente pelo fato de Red ser atrapalhado.
Devido a dificuldade que Red tem para controlar o mau humor ele é encaminhado para fazer uma terapia de grupo, lá ele conhece Chuck, Bomba e Terance. Cada um tem uma personalidade distinta e estão lá para aprenderem a se controlarem. Chuck é imperativo e vive sempre em alta velocidade. Bomba é sensível, mas de vez em quando explode (literalmente!). Terance é misterioso, grandão e está sempre de cara fechada.
Tudo corre perfeitamente na ilha até o momento em que um navio chega com vários porcos a bordo. Os passarinhos parecem aceitar bem a chegada dos visitantes, porém Red fica extremamente intrigado e parece ser o único que percebe que tem algo de errado com o comportamento dos porcos. Com a ajuda de Chuck e Bomba, eles partirão em busca da Mega Águia, uma espécie de super-herói que possui muita sabedoria e poderá ajudá-los a desmascarar os porcos que estão se passando por amigo dos porcos.
O filme tem um ritmo bom, não é cansativo e proporciona boas risadas. As lições transmitidas são bem mais sutis em relação ao que estamos habituados nos outros filmes de animação, porém ainda assim é um bom filme para assistir sem grandes pretensões. Todos os personagens são bem desenvolvidos e conseguem crescer ao longo da trama e cada um tem o destaque merecido e contribuem para o resultado do filme.
Vale ressaltar mais uma vez que apesar do filme ter a base do jogo, o contexto em que se desenvolve da vida dos personagens, personalidade e objetivos é muito bem elaborado e complementa bem o que o jogo quer passar. Outro ponto que merece destaque é a divisão do filme que é muito bem feita. A apresentação da ilha, a chegada dos porcos, a interação entre os dois núcleos e a parte final é muito bem construída e distinta.
Não sou nenhuma especialista em críticas de filme, mas gostei bastante da qualidade das imagens, achei a trilha sonora bem legal e gostei do toque de humor conferido a essa animação. Enfim, recomendo para todos que assim como eu jogaram bastante e pra aqueles que ainda jogam. Também recomendo para todos que curtem uma boa animação.

Você pode gostar

6 comentários

  1. Oiii!!

    EU AMO animações e queria assistir esse há um tempo, mas não consegui ir ao cinema entao vou buscar online.
    Adorei saber os temas abordados no filme. A dica está anotada e sua crítica está muito bem escrita! Parabéns.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol!!
    Eu não entendo nada de Angly Birds, me sinto até um pouco tiazona por isso hahaahhaha
    Mas tenho visto muita gente gostando do filme. Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Eu gostei muito de The Angry Birds, assisti bem na estreia e achei bem divertido. Além das mensagens maravilhosas que ele transmite. Na verdade eu adoro essas animações e sempre que posso tô assistindo.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  4. Eu amo animações, mas nunca joguei Angry Birds na vida, então confesso que essa coisa de porcos e passarinhos não chamou muito a minha atenção... Mas fiquei com dó do Red por sofrer bullying por causa das sobrancelhas grossas, rs, nunca tinha reparado nisso! De repente ainda resolvo assistir.

    ResponderExcluir
  5. Oi, conheço o jogo e também jogava quando estava no auge, ainda não vi o filme mas adoro animações e vou conferir com a minha sobrinha no fim de semana.

    ResponderExcluir
  6. Não adianta, não consigo sentir interesse em animação, não sei exatamente o motivo, mas não curto esse estilo de filme e mesmo com as boas críticas na sua opinião, realmente não tenho interesse, mas foi uma boa pedida conhecer, gosto de acompanhar a visão dos blogueiros sobre os filmes, saber se foi bom ou não, mesmo que seja um que eu não veria. Enfim, quem curte o estilo e até o game, teve uma boa adaptação para assistir!

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir

Facebook

Instagram