O homem que caiu na Terra” (Walter Tevis) foi mais uma agradável surpresa entre as leituras desse ano. Com um enredo bem construído e personagens interessantes essa é uma ficção científica que me agradou bastante principalmente por fazer críticas construtivas a sociedade. O livro foi publicado em 1963 e adaptado para o cinema em 1976 sendo dirigido por Nicolas Roeg e tendo em seu elenco David Bowie. Eu ainda não assisti a adaptação, mas estou bem curiosa agora que encerrei a leitura desse livro maravilhoso.
Thomas Jerome Newton é um alienígena humanóide que veio para a Terra em uma missão, salvar a sua espécie. Em poucos anos devido a sua genialidade ele começa a patentear grandes invenções e se tornar um bilionário, porém ele também encontra na Terra a solidão e o álcool, logo se vê imerso em sentimentos típicos dos terrestres. As únicas pessoas que ele tem contato direto são o advogado Fansworth que o auxiliou no processo de patente de suas invenções, Betty Jo uma mulher que o ajudou em um momento em que precisava e como consequência ela nutre uma paixão por ele e Nathan Bryce um engenheiro químico que fica instigado com a tecnologia inserida nas invenções.
Ao longo da trama Nathan tem um grande destaque, pois ele suspeita que Thomas seja um alienígena, por isso ele decide que deseja conhecer pessoalmente o grande inventor para então eliminar suas suspeitas. Alguns anos depois ele começa a fazer parte da equipe de Thomas e como consequência acaba se aproximando do alienígena e ao mesmo tempo que ele tenta eliminar suas suspeitas, uma hora ou outra suas dúvidas acabam retornando.
O livro aborda questões políticas governamentais e mudanças nos hábitos das pessoas que ocorreram na época da Guerra Fria, essas informações são inseridas com maestria e sutileza ao longo do desenvolvimento, em nenhum momento a narrativa fica cansativa. Os capítulos são curtos e a leitura é rápida, por vezes, nem percebi o tempo passando.
O livro é narrado em terceira pessoa e o foco dos capítulos são alternados, portanto acabamos tendo a percepção de alguns personagens ao longo da trama. Eu gostei bastante desse efeito na narrativa, pois assim tomei nota sobre o que os outros personagens sentiam em relação a Thomas e como, por consequência o influenciavam.
O livro vai além de uma mera ficção científica, levanta questionamentos sobre o comportamento humano, como podemos ser auto-destruidores e principalmente o egoísmo da raça. Achei a leitura sensacional e adorei conhecer esses personagens, sem dúvidas esse é um livro pra ler e reler ao longo dos tempos e que nunca ficará ultrapassado.
Em relação a edição é até pleonasmo dizer que ficou incrível quando se trata da DarkSide. As páginas são em papel pólen (amareladas), o livro é bem diagramado e como o livro é dividido em três partes a divisão é feita com destaque em folhas pretas. A folha de guarda é maravilhosa com cores vivas em laranja, preto e branco. O corte das páginas é tingido de laranja fluorescente. A edição de fato remete às características de David Bowie.
Indico a leitura para todos que gostam de uma boa ficção científica e acredito que para todos que já assistiram o filme e gostaram.


9 Comentários

  1. Oie

    Estava de olho nesse livro e gostei de ver a resenha dele.
    Adorei a premissa e gostei de saber que não vai para o lado de uma leitura cansativa, além de questionar o comportamento humano. Curto leituras assim. Vai pra minha lista com certeza.
    Sem falar que as edições da DarkSide são sempre show de bola!!!

    bjs
    Fernanda Y.

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Eu fiz a leitura desse livro - por amar todos da Darkside - e adorei! Me apaixonei por completo.
    Sua resenha está ótima!
    Beijinhox

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol, confesso que não me interessei muito pelo livro, e nem o filme eu cheguei a ver ou pretendo ver. Mesmo sendo redundante, não tem como não falar da beleza das publicações da editora.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carol. tudo bem?
    Realmente a Dark arrasa em suas edições <3
    Eu não tinha muito interesse em ler esse livro até pouco tempo atrás. Mas li algumas resenhas tão bacanas que me deixaram morrendo de vontade de conferir a obra. E sua resenha só reafirmou que eu realmente preciso ler. Adoro obras que fazem críticas sociais. Para mim a literatura tem um papel muito importante e é bom ver esse papel sendo cumprido :)
    Espero gostar da obra tanto quanto você e quanto outros tantos leitores :)
    beijooos
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá! Que resenha mais empolgante. Mas juro que quando se trata de Alien, esse é um assunto que não curto. rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi CArol!!

    TUdo bem?

    Esse livro já está a século na minha lista, isso pq ele faz uma critica sutil a sociedade e retrata aspectos tão comprometedores de nossa personalidade. Entretanto confesso que ainda não assisti o filme, mas estou de olho na obra e assim que o baixar o preço irei adquiri. Gostei bastante da forma como construiu sua resenha, sua critica foi mais do que interessante. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Carol ainda não assisti ao filme, mas diante dessa sua resenha fiquei mais encantada e curiosa, ainda mais sendo da darkside que sempre arrasa nas escolhas e edições.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Eu sou uma grande fã da Dark Side, primeiro pq os livros são extremamente bonitos, é um livro mais encantador que o outro. Mas, o preço sempre me quebra. Achei o livro bem interessante, e pela sua resenha, traz uma história que estou começando a ser fã.

    Grande abraço,
    Lua.
    http://tudoculpadalua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi!!
    Eu não gosto de livros de Ficção Científica, mas agora que soube que tem o filme, até me interessei em assistir, mesmo não sendo muito a minha preferencia.
    Essa leitura parece trazer bem mais do que se imagina, faz a gente pensar, refletir sobre nós seres humanos.
    Embora a leitura pareça interessante eu deixo ela para quem se sente a vontade lendo esse gênero, mas quero ver o filme.
    Beijão!

    ResponderExcluir