Sou encantada pela obra Orgulho e Preconceito de Jane Austen desde a primeira vez em que assisti ao filme. Logo depois li o livro e desde então tenho procurado obras que adaptem de forma especial esse clássico maravilhoso. E então conheci Primeiras Impressões e tive o imenso prazer em fazer a leitura através da parceria com a autora LRDO. A escrita da Laís fez com que eu mergulhasse nessa obra moderna, cheia de originalidade, mas sem deixar de lado o toque do clássico da Jane.
Depois de ter morado em Boston com sua irmã Jane e sua melhor amiga Charlotte, Liz decide voltar ao Brasil para passar as férias em Búzios na pousada de seus pais. Havia feito faculdade em uma universidade americana e trabalhava na loja de ficção científica do tio Jardim. Seus pais estavam estabilizados financeiramente e não faltavam a eles o conforto. Além de Jane e Liz,eles  tinham mais duas filhas: Maria e Lídia.
Charles e Frederick são melhores amigos e quando chegam ao Brasil para cuidarem dos negócios pois Charles desejava abrir um restaurante, Frederick desaprova completamente a ideia e está disposto a fazer de tudo para que o amigo desista dos planos. Sabendo da chegada dos americanos ricos, quem fica mais animada é Janaína que deseja ver as suas duas filhas mais velhas casadas e não perde tempo para conhecer os estrangeiros e colocar seu plano em prática.
Charles se encanta de imediato pela beleza e pelo jeito da Jane que também logo se encontra completamente apaixonada pelo rapaz. Quem não apoia esse relacionamento é Frederick Darcy e a irmã de Charles, Caroline. E é por causa do amor desse amor que Lizzie e Frederick se tornam próximos, mas a convivência entre eles é bem difícil.
Primeiras Impressões é a primeira adaptação moderna de Orgulho e Preconceito que li e me impressionou da primeira até a última página. Apesar de conhecer bem a obra da Jane, fiquei feliz que a autora tenha sido fiel ao clássico, e os cenários, a forma de ser dos personagens deram o toque de originalidade ao livro. Enquanto Frederick Darcy é um político que almeja o cargo de senador e mostra-se ranzinza na maior parte do tempo, Lizzie está pronta para fazer o mestrado e é inteligente e sarcástica. Mesmo com tantas diferenças, ambos não estavam preparados para o sentimento profundo que despertaria os dois.
Para quem conhece Orgulho e Preconceito, não pode deixar de ler esse livro.  Escrito de forma leve e incrível, Laís descreveu a obra clássica de forma admirável. Narrado em terceira pessoa, com personagens bem construídos, só posso dizer que estou ainda mais encantada por Orgulho e Preconceito, pois foi essa obra que me possibilitou ler essa adaptação e tantas outras que desejo ler depois dessa.
Em relação a diagramação, as folhas são brancas, as letras são de um bom tamanho e a capa está demonstrando bem o cenário magnífico em que ocorrem os fatos, e o título explica bem o que acontece no livro.
Recomendo esse livro para os fãs de Orgulho e Preconceito e também para aqueles que ainda não conhecem a obra clássica. Primeiras Impressões é um livro para guardar no coração e também para lembrar que é possível se apaixonar pelos mesmos personagens mais de uma vez!


13 Comentários

  1. Já ouvi falar e li bastante resenha sobre o livro, e também via ótimos comentários em redes sociais sobre a obra. E sempre quando leio, fico com vontade de ter os livros nas minhas mãos e saber qual vai ser minha experiência com a obra. Não li Orgulho e Preconceito, mas já assisti ao filme, que é simplesmente maravilhoso.
    E sobre essa relação da Lizzie e Frederick, já prevejo algumas reviravoltas e claro, coisas atrapalhando que o casal fique juntos. Eu gostei mais da obra por causa da Lizzie, parece ser uma personagem que eu amaria ler. Vou anotar a obra, e com certeza lerei no futuro, para saber qual vai ser minha experiência.
    Leitor Irônico

    ResponderExcluir
  2. Olá
    eu amo esse livro, tanto é que já o li duas vezes. Tem até uma menção nos agradecimentos sobre mim e sinto muito orgulho sobre isso. A autora escreve maravilhosamente bem e sempre recomendo essa leitura, ainda mais porque amo releituras. Impossível não se apaixonar heim?!

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Há tempos que eu morro de curiosidade com esse livro. Eu ainda não li Orgulho e Preconceito (vergonhoso, eu sei) mas também tenho muita vontade. Eu adorei ver a sua resenha e saber a sua opinião sobre essa obra. Eu acho que quando eu for ler, eu vou gostar bastante, já estou cheia de expectativas e espero que isso não atrapalhe a minha leitura.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Li OeP em inglês e não consegui gostar da história. Recentemente, reli a obra e, simplesmente, me encantei. Já conhecia a premissa desse livro e tenho muita curiosidade em lê-lo. Adorei que a Lizzie é bastante inteligente e sarcástica, pois é a personalidade que notei dela em OeP. Também gostei de conhecer o Frederick nessa obra.
    Dica mais do que confirmada!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Oi. Eu nunca li nenhuma adaptação de Orgulho e Preconceito, inclusive, nem mesmo li a obra original. Tenho esse repúdio quanto a clássicos justamente pelo fato de serem "intocáveis", sabe? É como se é proibido não gostarmos de uma história já imortalizada. Todavia, me interessa bastante o Orgulho e Preconceito e Zumbis, tu já ouviu falar? Sobre o livro que você resenhou o que mais me chamou a atenção foi a capa. É tão linda. Ilustrações na capa é a nova moda <3 haha. Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu sou meio suspeita para falar porque amo Jane Austen e fico meio assim quando um autor mexe com suas obras, já fico com aquele preconceito que não vai ser legal,sabe? Mas achei esse livro muito interessante, principalmente a capa, achei simplesmente maravilhosa. Quem sabe não é o momento certo para deixar esse meu preconceito de lado e mergulhar nessa obra que parece ser ótima?
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito de Orgulho e Preconceito, então claro que me interessei por essa adaptação moderna! Acho que a única coisa ruim é as folhas serem brancas, mas acredito que a letra de um bom tamanho deve compensar isso. Além de gostar demais de Jane Austen também gosto demais de Búzios, então o fato da cidade estar presente no enredo tornaria a leitura ainda mais especial para mim.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. A sua resenha já me ganhou no primeiro parágrafo, pois também sou fã de Orgulho e preconceito, tanto o filme quanto o livro. Saber que este livro traz uma adaptação da obra de Jane Austen me deixou muito entusiasmada pela leitura. Posso dizer que estou extremamente curiosa para saber como esse amor entre pessoas tão diferentes vai se desenrolar neste livro, adaptado aos tempos modernos.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bom? Que resenha maravilhosa! Adorei saber tua opinião sobre esse livro, que parece ser muito bom! Já li comentários bem elogiosos sobre ele, mas foi sua resenha que mais me empolgou. Porém eu ainda não li Orgulho e Preconceito, então pretendo ler o clássico antes de me aventurar na adaptação. Espero gostar de ambos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá!! :)

    Eu não conhecia mas não me interessei la muito confesso! A verdade e que não sou grande apreciados do género!... ahah

    Mas ainda bem que goastaste! :) E que achaste uma leitura leve e com personagens bem construídos, isso e sempre bom! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Eu nunca li Orgulho e Preconceito (me julgue), mas já li várias resenhas super positivas, que, mesmo não gostando do gênero, eu fiquei bastante curiosa para ler. Que bom que gostou do livro , vou anotar a dica, mesmo achando que não irá ser um dos meus favoritos, mas sua resenha conseguiu me ganhar. única coisa que me deixou um pouco chateada, é o fato das folhas serem brancas, eu costumo ficar incomodada lendo livros com páginas brancas, mas eu quero muito dar a chance para eu tentar gostar do gênero histórico do livro de Orgulho e Preconceito e Primeiras impressões. Adorei a resenha.
    Beijos,

    garotareading.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    A única releitura que li de Orgulho e Preconceito foi uma paródia (50 Tons do Sr Darcy), e não conhecia Primeiras Impressões. Amo O&P e acho que irei gostar do livro, mas confesso que iria achar estranho o fato dos (alguns?) personagens terem os mesmos nome.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Eu sempre tive vontade de ler Orgulho e preconceito, mas confesso que fico meio assim por medo de achar a leitura chata ou arrastada e acabar desistindo. Gostei de saber dessa adaptação moderna, vai ser uma boa forma de conhecer a trama!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir