Poder visitar a infância através da leitura de clássicos infantis é realmente mágico, então entre uma leitura e outra decidi encaixar O Mágico de OZ. A medida que crescemos esquecemos dos detalhes que nos cativaram durante o primeiro contato com o livro, apesar de levarmos sempre conosco as lições aprendidas. O reencontro com o que nos encantou nos detalhes e na simplicidade da escrita é sensacional.
Considerado um clássico da literatura norte-americana e best-seller no século XX,  O mágico de Oz vem conquistando adultos e crianças desde então. Ganhou várias adaptações com o passar dos anos, entre elas uma versão para o cinema que estreou em 1978 intitulado The Wiz e seu elenco contava com Michael Jackson interpretando o Espantalho. Me recordo ainda de acompanhar na TV, ainda na infância, um desenho animado que eu adorava homônimo ao livro. Agora vamos falar um pouco mais sobre a obra?
Após a passagem de um ciclone pelo Kansas, a casa que Dorothy morava com os seus tios é levada para as terras mágicas de OZ, junto com o seu cãozinho Totó, Dorothy começa a sua aventura em busca do mágico que pode levar ela de volta para casa. Ao longo do caminho ela conhece o Espantalho que gostaria muito de ter um cérebro, o Lenhador de Lata que deseja ter um coração e o Leão Covarde que anseia por ter coragem, eles acreditam que o poderoso OZ pode concedê-los tais pedidos e seguem juntos em uma jornada incrível onde irão enfrentar as mais diversas situações de perigo e estabelecerão grandes laços de amizade.
A narrativa é feita em terceira pessoa, conta com uma linguagem simples e um texto fluído. É um livro curto e é possível lê-lo em algumas horas, os capítulos também são relativamente curtos e com um bom desenvolvimento deixando a leitura mais dinâmica. Não é por acaso que a escrita de L. Frank Baum continua encantando e sendo passada de geração em geração, mantendo-se forte como clássico da literatura infantil.
A edição da Zahar conta com o texto integral e tradução de Sergio Flaksman. O livro conta com cerca de cinquenta ilustrações originais de W. W. Denslow (que são lindas). A edição bolso de luxo é bem caprichada, é capa dura e conta com folhas amarelas e a fonte é bem confortável.A editora como sempre está de parabéns.

O livro conta ainda com uma introdução escrita pelo próprio autor em 1900 que explica as suas motivações ao escrever O Mágico de OZ. No breve texto é mencionado o que o autor busca diferenciar em seus livros dos clássicos infantis que foram escritos antes da sua obra, removendo os incidentes e a moral assustadora pela diversão, como é explicado no trecho a seguir:
“(...)Pretende ser um conto de fadas modernizado, em que a admiração e a alegria se conservam e os sofrimentos e pesadelos são deixados de fora.” (L.Frank Baum)

Eu me deliciei ao longo da leitura e pude relembrar a minha infância de uma forma leve e divertida. Se você, mesmo não sendo mais criança, busca uma leitura agradável e nostálgica esse livro é super indicado. Se ainda não conhece a história vale apena se aventurar nela.


16 Comentários

  1. Oi Anna, essa deve ser uma leitura deliciosa e é claro que eu também gostaria de lê-lo, especialmente por amar releituras de clássicos. Nos faz lembrar de nossa infância mesmo, o que e demais. Enfim, adorei a sua resenha.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    O que eu mais gosto da Zahar é que ela sempre traz as histórias de uma forma muito completa, não só com ilustrações, mas com comentários também, o que por vezes nos ajuda a entender alguns termos e ideias. Eu nunca li O Magico de Oz, acredita? É claro que já vi coisas relacionadas, mas ler mesmo, nunca. Menina, preciso mudar isso! haha

    beijo!

    ResponderExcluir
  3. lendo sua resenha, me deu uma saudade enorme desta história, pois este foi um dos primeiros livros que li na vida e fiquei encantada por todos os personagens. Com certeza, este aqui, vou querer comprar para ter sempre na estante.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Esse livro é maravilhoso! Gostei de saber que ele possui cerca de cinquenta figuras, com isso a leitura para crianças fica muito mais divertida! Com certeza quero ter ele na minha coleção.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Ai, acho tão legal quando nos deliciamos com uma leitura. Adorei saber que temos o texto integral e com introdução do autor nessa edição, pois sempre quis comprá-la, então, dá para notar que é bem completa.
    Devo confessar, entretanto, que quando se trata de Mágico de Oz pouco sei, pouco li e pouco ouvi falar e isso só me deixa mais curiosa. Gostei de saber que o livro é fluído e anotei a dica, vou pedir de presente!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Essas leituras nostálgicas são sempre maravilhosas, eu amo esse livro, li na adolescência e sempre estou revisitando suas páginas. Como você bem pontuou no início, é o tipo de leitura que deixa lições eternas, amei a dica e a resenha.

    ResponderExcluir
  7. Oi, confesso que nunca li esse livro e nem vi nenhum filme ou animação sobre ele. A historia do Magico de OZ não me atrai, não sei porque, nunca me cativou ou encantou. Quem sabe eu não dê uma chance depois de ler sua resenha inspiradora?!
    Gostei da resenha e me deu uma outra visão do livro. Dica anotada.
    bjus

    ResponderExcluir
  8. Que bom que curtiu muito a leitura. Confesso que nunca li ou assisti Magico de Oz, mas sua resenha me empolgou para conhecer esse universo, ou talvez dar de presente, á que é uma leitura com uma lição no fundo. Parabens pela resenha.

    ResponderExcluir
  9. Sabe que acho que nunca li O mágico de Oz? Era louca pelo filme (ainda sou, na verdade... rs...), mas nunca me preocupei em ler. Agora me deu muita vontade de fazer isso, e provavelmente vou querer essa mesma edição. A Zahar capricha demais e sou louca por capa dura! Adorei o fato de ter as ilustrações originais também. Tenho certeza que vou amar a leitura e de quebra poderei sentir essa nostalgia!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. OI!!

    Acredita que nunca li o mágico de OZ? Já vi as adaptações para cinema e teatro, entretanto nunca me aprofundei na obra em si. Tá ai um mundo ao qual gostaria de conhecer, afinal a leitura é sempre diferente do cinematográfico e nos transporta para mundos inesperados. Acompanhar Dorothy deve ser demais... Beijos!!

    ResponderExcluir
  11. Nossa nunca nem tonha me dado o estalo de ler o livro, que ideia naravilhosa! Amo o filme, o clássico, e q história é realmente muito bem escrita e trabalhada. O livro pode ser pequeno e lido em poucas horas, mas devem ter sido horas deliciosas.

    Beijos,
    Mariana Baptista
    umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Ler livros da infância faz um bem pra alma <3 haha Ri com o seu comentário que dá pra ler em um dia - quando li na escola, lembro que demorei mais de uma semana haha tudo bem que não gostei muito do livro (gosto da premissa da história, mas não dela em si). Mesmo assim, adorei o post.

    Bjs, Cass | www.livroseoutrascoisas.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu adoro a história do mágico de oz, e babo em todas as edições que vejo desse livro. Essa ainda não conhecia, mas já quero ler de novo por conta dela.
    Faz tanto tempo que não leio, que não me importaria de ler agora... rsrs
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Eu amei a leitura desse livro quando a fiz, inclusive foi em uma edição dessas da zahar. De fato é uma história com gostinho de infância que merece ser lida e que é super rapidinha de ler. De fato é uma obra muito bem escrita e trabalhada! Adorei sua resenha!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  15. Oii!
    É incrível como um clássico como O Mágico de OZ passa despercebido pela nova geração de leitores. Tão conhecido e esquecido ao mesmo tempo.
    Adorei o post, parabéns!
    Beijos.
    @Laymach_

    ResponderExcluir
  16. Gente eu nunca li esse livro, sim já vi o filme, porém acho que ler o livro é com toda certeza um milhão de vezes melhor! vou colocar na minha lista! Adorei a sua resenha.

    Bjs Lyh



    Blog Rascunhos da Lyh

    ResponderExcluir