Eu ainda não havia lido nenhum livro da Marina Carvalho, apesar de ter lido muitos comentários maravilhosos a respeito deles. Azul da Cor da Mar é um livro surpreendente e muito fofo que mesmo sendo clichê, me lembrou os filmes românticos da Sessão da Tarde. De uma forma descontraída e divertida, a leitura me prendeu do inicio ao fim!
Rafaela Vilas Boas tem 21 anos, é estudante de jornalismo e está no último ano da faculdade. Ela conseguiu uma vaga de estagiária  no jornal Folha de Minas pelo seu esforço e com  a ajuda da sua professora Sandra Pires. Como a sua área é a reportagem investigativa, ela vai trabalhar ao lado de Bernardo Venturini, um grande repórter nessa área. Porém, desde o primeiro dia, ele deixa claro sua antipatia pela moça, pois não consegue trabalhar em equipe e faz de tudo para manter a Rafaela bem longe dele.
Apesar de todo o sentimento de ódio por Bernardo, Rafaela é apaixonada por um garoto que ela viu quando era mais nova. Ela passava as férias em Iriri, na casa da avó e a última imagem que ela guardou do garoto com a mochila xadrez foi quando ele estava sentado na praia, triste e jogou um papel no mar. Rafaela nunca mais viu o garoto e mesmo assim jamais o esqueceu. Durante dez anos, escreveu várias cartas para o garoto confessando o seu amor.
Azul da Cor do mar é um livro super fofo, que apesar de clichê, inova ao transportar o leitor para o mundo do jornalismo e conhecer um pouco mais sobre o que acontece por trás das câmaras. Cada capítulo do livro inicia-se com uma lição de jornalismo e para quem tem interesse na área, pode ser bem instrutivo.
Os personagens são muito bem construídos e é como se fossem pessoas que já conhecemos em nosso dia a dia. Apesar de não se dar bem com Bernardo, Rafa conhece Marcelo que trabalha na área de esportes e não esconde o carinho que sente por ela, fazendo de tudo para mostrar que pode ser muito mais que um amigo.
O livro guarda algumas surpresas, mas nenhum mistério que não possa ser desvendado. Desde o início do livro, já é possível imaginar um pouco do que pode acontecer ao longo da história, mas mesmo assim, Azul da Cor da Mar foi uma leitura encantadora.
Portanto, para quem procura uma leitura leve, rápida, sem grandes aventuras, mas com momentos bem divertidos esse é o livro que eu indico!


11 Comentários

  1. Que história bonitinha acho que vou ler. Eu gosto mais de aventura, mas esse livro me interessou. Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, é uma gracinha mesmo, muito fofa, arrisque a leitura e espero que se encante pelo livro também. Beijos.

      Excluir
  2. Acho os livros da Marina bons em termos. Gosto da narrativa simples do livro. Mas te confesso que muito me incomodou essa perfeição da protagonista.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helana, eu gostei muito do livro e não me incomodou a construção dos personagens, são bem reais. A Rafa tem seus defeitos, mesmo que eles ganharam pouco espaço no livro, o que fez a leitura maravilhosa. Beijos.

      Excluir
  3. Thalita Parabéns pelo blog! Amei, bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá... tudo bem???
    Sempre leio resenha desse livro, mas a maioria que leio tem a mesma percepção que você.... que o livro é bem simples e bem óbvio... mas parece ter uma um romance bem gotosinho de ler... só fico encasquetada com a garota que não esquece de maneira nenhuma o tal garoto da infância e fico imaginando se é possível.... viver com uma lembrança assim por toda a parte da vida... enfim... só lendo mesmo para entender... Xero!

    ResponderExcluir
  5. Ah que legal ver esse livro resenhado aqui. Também li, tempos atrás, e lembro de ter me apaixonado. Acredito que foi um dos melhores da Marina. Esse é daqueles livros para ler sem piscar, tem muitos momentos empolgantes e as cenas de ação e perigo que a personagem se envolve são muito boas, além das críticas sociais e alertas feitos pela autora. E não posso me esquecer das cenas românticas, são de suspirar.
    Enfim amei saber que você também se envolveu com a leitura. Leia mais da Marina Carvalho ela é demais!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá, nunca li livro dessa autora. Já estive em evento em que ela esteve presente e achei ela muito simpática. Me interessei muito pela leitura, até porque já li algumas reenhas desse livro e todas foram positivas. Achei bem interessante o ambiente em que a história se passa e a autora falar sobre jornalismo. Nunca li um livro que falasse sobre o assunto.
    Bjão

    ResponderExcluir
  7. É a primeira resenha que leio desse livro, pois ele ainda não tinha chamado minha atenção, mas achei bem leve a premissa, quem sabe tenha chance de ler. Bjkas

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca li nada da autora,mas morro de vontade,mas nunca sei por qual livro começar e acabo adiando a experiência. Adorei a forma como você descreveu o livro,eu amo clichês,quando bem escritos, e parece ser esse o caso do livro,romances impossíveis e mocinhos odiáveis.

    Espero poder conferir essa história em breve.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir