Eu estava procurando um livro um pouco diferente pra ler, e quando li a sinopse de Quando o Vento sumiu, não pensei duas vezes e comecei a ler o livro. Ele traz dois temas especiais: amizade e escolhas.
Quando o Vento Sumiu narra a história de três jovens amigos que formaram um grande laço de amizade: Suzan, Renato e Mateus.
A história se inicia na Alemanha, em que Suzan entra em uma cafeteria e reencontra Renato, muito tempo depois de não terem mais contato. Renato de imediato não reconhece a amiga, mas quando as lembranças voltam ambos relembram suas histórias.
Suzan, Renato e Mateus são melhores amigos que se conheceram no Ensino Médio. Desde então, eles estão sempre juntos. Eles estudam na Universidade da Guanabara, e é a partir desse fato que o livro vai se desenvolvendo.
Suzan é uma garota responsável, apaixonada pelo Renato, mas ele nunca percebeu os sentimentos dela. Ela sofre pressão por parte da sua mãe Helena, para ficar junto com ele, mas não sabe mais o que fazer para que ele a perceba. Ela estuda Turismo e tem o sonho de ter a sua própria agência de viagens.
Renato e Mateus cursam Engenharia Civil, e enquanto Renato só pensa em surfar e ficar com garotas, Mateus é completamente responsável e apaixonado por Suzan, mas como é muito tímido e sabe da paixão da amiga por Renato, não tem coragem de se declarar. Ao contrário de Renato que tem a vida ganha, por causa do pai que é dono de uma construtora civil famosa no Rio de Janeiro, Mateus tem que se esforçar para atingir seus objetivos, desde que seu pai foi preso obrigando tanto ele quanto a sua mãe Eulália a lutarem por uma vida digna. Mas ele fica muito feliz, quando Renato desiste de um estágio na construtora para ficar longe do seu pai que sempre estava “pegando no pé” dele oferendo a oportunidade ao Mateus que aceita de imediato.
Quando o Vento Sumiu, traz uma narrativa em terceira pessoa, que em muitos momentos lembra uma novela, por sua forma interessante de narrar a história. Apesar de focar muito na personagem Suzan, os outros personagens tem uma grande importância. Tanto os amigos quanto os pais tiveram espaço na história, até mesmo para dar mais veracidade aos conflitos que os personagens vão vivendo.
É impossível ler esse livro sem se lembrar das amizades, das pessoas que conhecemos ao longo do caminho. São tão reais que é como se você estivesse lendo uma história de alguém que você conhece.
Enfim, Quando o Vento Sumiu é um livro maravilhoso, que faz pensarmos em nossas atitudes e ao mesmo tempo nas consequências de nossas escolhas. Os diversos acontecimentos vão fazendo com que os personagens criem mais maturidade, e também encarem os obstáculos de frente. Um livro maravilhoso, que apesar de ser o primeiro que li da autora entrou para a minha lista de favoritos. Então, não deixe de ler essa história, que é sobre amizade, amor, mas também sobre as nossas escolhas. 



Deixe um comentário