Antes que aconteça é a continuação do livro Depois do que aconteceu (Resenha), a autora Juliana Parrini escreveu uma sequência eletrizante, aumentando nossa curiosidade. Se você ainda não leu o primeiro volume da série recomendo que não leia essa resenha.
O livro é narrado de forma alternada pelos protagonistas da história (Isabel, Daniel e Alex) e isso nos ajuda a compreender melhor os personagens. Isabel está mais forte, decidida e pronta para seguir em frente. Alex já não consegue ficar longe de sua amada e está decidido a reconquistá-la. Daniel segue apaixonado por Isabel, mas sua confiança é abalada pela volta de Alex.
Nesse livro ficamos divididos entre dois tipos de amor. Por um lado tem o sentimento terno de Isabel para com Alex, um amor construído pelo tempo, pela amizade e companheirismo. Por outro lado temos Daniel e Isabel um amor cheio de paixão, envolto por uma grande atração física e que foi capaz de salvar Isabel dos tempos de depressão após a grande decepção com Alex. E é esse triângulo amoroso que guia a história no segundo livro.
Isabel e Daniel vivem uma fase boa, estão noivos e tudo parece está no seu devido lugar. O que eles não esperavam era que o passado iria bater na porta deles. A volta de Alex acaba abalando o relacionamento de Isabel e Daniel. Será que Isabel está preparada para esse reencontro? Será que Daniel irá compreender essa volta? Será que Alex está realmente pronto para encarar Isabel? Qual será a escolha de Isabel? São as perguntas que nos guiam ao longo do livro.
Ao encerrar a leitura do primeiro livro fiquei extremamente curiosa para saber o que viria na sequência. A leitura do segundo volume foi rápida e me prendeu. Os acontecimentos que guiam o livro são eletrizantes, cada capítulo uma emoção nova. Um fato bem legal é que a autora inseriu ao longo do livro trechos de músicas, a trilha sonora escolhida é muito boa e vale a pena ouvir quando são citadas, é uma marca da autora em ambos livros.
Eu gostei muito do segundo livro, achei ele melhor que o primeiro, temos um amadurecimento dos personagens, uma nova percepção de quão difícil foi tanto para Alex quanto para Isabel seguir em frente. O clímax da história é justamente esse triângulo, a bagagem que vem do passado e o peso das escolhas feitas. O livro é carregado de fortes emoções e de momentos de tensão do início ao fim.
Enfim, recomendo a leitura dos dois livros para quem gosta de histórias de romances. Além do triângulo amoroso quebra tabus ao falar da esquizofrenia, é uma história de superação e coragem. Alex tem a sua vida mudada da noite para o dia quando é diagnosticado com esquizofrenia e seguir em frente é uma luta diária, ele acabou afastando a pessoa que mais amava da sua vida e é um fardo que ele carrega ao longo de todo o livro. Além disso, existem muitos preconceitos sobre pessoas que sofrem de doenças mentais. Não é possível mudar o passado, mas o futuro pode ser totalmente diferente. Vale a reflexão!


Deixe um comentário